Michael Jackson teve um ataque de pânico

By | Junho 9, 2021

O lendário músico Michael Jackson, que infelizmente faleceu aos 50 anos, era conhecido por suas doenças, segundo alguns rumores, junto com vários problemas de saúde confirmados. Ele sofreu queimaduras durante as filmagens de um comercial da Pepsi em 1984 e teve que passar por uma grande cirurgia no couro cabeludo. Ele sofria de fortes dores e na época era considerado viciado em analgésicos. Ele tem vários problemas de pele, incluindo lúpus.

Em 1993, o dermatologista de Jackson, Arnold Klein, publicou um comunicado dizendo que Jackson tinha uma doença de pele rara chamada vitiligo. Isso faz com que o paciente perca melanina. Jackson também foi hospitalizado em 1990 com dores no peito. Uma turnê de concertos foi interrompida em novembro de 1993 devido ao seu vício em analgésicos prescritos.

Em 1995, Jackson foi hospitalizado após desmaiar durante os ensaios para uma apresentação na televisão; Foi relatado que o incidente foi causado por um ataque de pânico relacionado ao estresse. Outra vez, o The National Enquirer relatou que Michael Jackson teve ataques de pânico e quase perdeu o palco para ganhar um prêmio de Britney Spears na premiação de vídeo da MTV. Em 2005, Jackson foi a um hospital para ser tratado pelo que seu porta-voz disse ser dores recorrentes nas costas. Em maio de 2009, surgiram mais rumores de que Jackson tinha câncer de pele.

Michael Jackson admitiu ter uma infância conturbada, com seu pai confessando tê-lo chicoteado por pequenas ofensas como perder o bilhete. Durante uma entrevista, Michael relatou que ficou emocionado e vomitou antes de conhecer seu pai. Em documentos judiciais, especialistas em saúde mental eram da opinião de que Jackson havia regredido psicologicamente aos 10 anos de idade.

Parece claro que Michael Jackson sofria de sérios problemas de saúde mental, assim como muitos vícios de drogas. A autópsia confirmou recentemente que algumas das drogas em seu corpo no momento de sua morte eram drogas para ansiedade. Espero que possamos aprender com suas experiências e agir antes que as coisas se tornem opressivas e fora de controle. Deus o abençoe e sua família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *